Travertino: sofisticação para os ambientes

Pritzker: história e todos os vencedores do Oscar da arquitetura
4 de setembro de 2018

Travertino é sinônimo de requinte e sofisticação

Quando se trata de beleza e requinte, o revestimento com pedra Travertino é bastante apreciado por arquitetos e decoradores, tanto para uso em ambientes internos ou externos, pois suas vantagens vão além da estética.

Sendo um material que é sinônimo de luxo e sofisticação, seu valor é mais elevado, se comparado a outros tipos de revestimento. No entanto, a escolha do material agrega muito valor a qualquer ambiente, o que justifica o investimento.

Bastante comum em pias, lavabos e bancadas, sua aplicação também é indicada em soleiras e rodapés, lareiras, tampos de mesa, painéis, paredes e pisos.

Seu uso pode substituir pinturas e outros tipos menos nobres de revestimento, resultando em maior durabilidade. Além disso, suas cores neutras combinam com qualquer material: vidros, metal, madeira e tantos outros.

Conheça, a seguir, mais detalhes sobre a pedra Travertino e veja porque sua obra merece esse revestimento.

 

Travertino: mármore ou não?

Apesar de ser conhecida e divulgada como um tipo de mármore, a pedra Travertino possui forma e características próprias, o que a difere de granitos e mármores comuns.

Trata-se de uma rocha calcária, composta de calcita, aragonita e limonita. Possui espaços compactos, paralelos entre si, com pequenas cavidades.

Na natureza, esse calcário é formado em solos aonde há curso de água corrente sobre as rochas, geralmente em lugares com cachoeiras e cascatas.

Os tons predominantes são o bege e o branco, podendo variar para acinzentado e roseado. Em seu estado bruto, na sua origem, também é conhecida como tufo calcário.

Origem e tipos de Travertino

O nome “Travertino” origina-se na cidade de Tivoli, na Itália. Esta foi uma das primeiras regiões a realizar sua extração para fins comerciais. No entanto, também há a extração brasileira. O estado da Bahia é o maior produtor nacional dessa pedra para uso comercial.

O Travertino possui quatro tipos mais comuns. São eles:

  • Romano Clássico: este é o modelo mais apreciado, pois possui maior resistência e durabilidade. Sua coloração se dá em tons leves, do bege claro ao mais amarelado. Possui veios mais acentuados na horizontal.
  • Turco: este tipo de Travertino é um pouco diferente dos demais, devido à quantidade de calcário em sua composição, que é um pouco superior. Isso faz com que sua textura e utilização sejam distintas. Sua mistura de cores vai do bege ao cinza claro, sendo os veios mais estriados.
  • Navona: este é um tipo que possui coloração mais clara. Os veios são menos marcados, formando desenhos que parecem ramificações. Bastante utilizado em ambientes externos, como decks.
  • Bege Bahia ou Travertino Nacional: como o próprio nome diz, esse é o tipo de Travertino extraído em solo brasileiro. Possui traços sutis, com veios mais finos. Sua coloração tem marcas que tendem mais para o marrom claro, sobre superfícies claras. Sua aplicação é mais comum em pias de banheiros e revestimentos.

Tipos de acabamento

Bruto ou natural – em estado bruto, o Travertino é apenas cortado e não passa por nenhum tipo de tratamento, mantendo sua forma de extração natural.

Levigado – a principal característica desse acabamento é a opacidade. Isso ocorre porque a pedra é lixada até ficar lisa, sem atritos ou ranhuras.

Polido ou resinado – por meio da aplicação de resina incolor, tampando os poros e as ranhuras da superfície, a pedra é polida dando um aspecto brilhoso ao Travertino, o que faz com que ele perca um pouco as suas características naturais.

Cuidados na conservação

Dependendo do tipo de acabamento, é necessário que se realize a impermeabilização, pois o Travertino absorve bastante água. Quando impermeabilizado, fica mais fácil preservar as características da rocha.

 

Sem isso, os agentes químicos e excesso de umidade podem danificar o material. Sua limpeza deve ser feita apenas com pano, água e detergente neutro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *