Mármores exóticos: a beleza das pedras incomuns

Tendências em revestimentos para 2019
28 de janeiro de 2019
Mármore e modernidade: clássico combina com tecnológico?
19 de fevereiro de 2019

Conheça os tipos de mármores exóticos e saiba como utilizá-los no seu projeto!

O mármore, por si só, já é considerado um material extremamente elegante e exclusivo. Mas quando falamos em mármores exóticos, toda a qualidade, luxo e sofisticação dessa pedra é potencializada.

Mas, afinal, o que torna um mármore exótico?

A resposta está na composição da pedra. Os materiais naturais, como as pedras de mármore e granito, são formados, quase que invariavelmente, pelos mesmos minerais e nas mesmas quantidades. Granitos são compostos por quartzo e feldspato, enquanto o mármore é formado, basicamente, por calcário.

Por isso, apesar das variações de cor dessas pedras, elas obedecem um “padrão comum”, embora não menos bonito e especial. No entanto, esta é a principal diferença entre o mármore comum e o exótico: sua formação geológica.

Durante o processo de formação da rocha, algo ocorre fora do normal – diferenças nos níveis de minerais, alterações climáticas, movimentações do solo ou atividade vulcânica são alguns exemplos – e altera a composição, influenciando nas cores e formato dos veios.

Isso faz com que os mármores exóticos também se tornem praticamente exclusivos, pois dificilmente haverá outra pedra de formação igual, o que faz com que a quantidade e a disponibilidade dessas pedras diferentes seja limitada.

Tipos e cores de mármores exóticos

Os mármores exóticos são uma categoria distinta dentro da geodiversidade brasileira e mundial. O Brasil, por conta da sua rica formação geológica e abundância em recursos minerais, é um grande exportador de pedras naturais, incluindo os mármores exóticos. Mas agora, as pedras raras também começam a ganhar espaço no mercado interno.

Veja algumas nomeações de mármores considerados exóticos:

  • Guatemala verde
  • Mármore Mohave
  • Mármore Striatto
  • Mármore Bordeaux
  • Carrara Gioia
  • Nero Marquina

Assim como nas formas, as cores dos mármores exóticos também são bastante diferenciadas.

Enquanto no mármore clássico a predominância é do branco e tons de bege, os exóticos podem apresentar variações de preto com veios dourados, verde, vermelhos e terracota, além de brancos com veios mais marcantes e de várias tonalidades.

Toda essa variedade permite combinações criativas e arrojadas para quem pensa num projeto inovador, mantendo a classe e apostando na beleza das pedras naturais.

Aplicações e cuidados com mármores exóticos

Mármores exóticos agregam um grande valor aos projetos, por se tratar de um material nobre, raro e natural. O luxo e a sofisticação são impressos em qualquer que seja o detalhe produzido com mármore.

Mas, por se tratar de um material poroso, possui uma baixa resistência aos líquidos. Deve ser evitado em locais muito úmidos e onde possa ter contato com ácidos, gorduras e corrosivos, como as cozinhas.

No entanto, tomados os devidos cuidados no manuseio e limpeza, e com uma impermeabilização bem feita, o mármore exótico, assim como o tradicional, pode ser aplicado em paredes, pisos, bancadas e escadas, ou onde mais a imaginação permitir!

Agora que você já conhece um pouco mais sobre mármores exóticos, confira os produtos da Minexco e garanta qualidade na sua obra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *